VENCER, CONQUISTAR, TRIUNFAR

_CBG5485

Com mais de 12 mil m² e localizado no centro de Arapongas, o Win Tower é um complexo empresarial concebido para atender necessidades funcionais e estéticas

Por Layse Moraes
Fotos Fábio Pitrez 

Construído pela DR Engenharia, sob o comando dos engenheiros Luiz Antônio Rodrigues e Cleber Disserol e mais uma equipe de engenheiros responsáveis, o empreendimento de mais 12 mil m² tem projeto arquitetônico de Álvaro Côrtes.

O Win Tower é a primeira torre comercial de Álvaro, que o batizou procurando agregar significado – win é vencer, conquistar, triunfar. “Isso pra mim é permanente”, destaca ele.

Álvaro, que já tem experiência de torres na área de hotelaria, conta que pensar um espaço comercial é diferente: “O espaço comercial tem uma permanência acordada, já a hotelaria tem uma permanência acordada e dormindo. Então pra mim foi um desafio, porque muda o ritmo da experiência com o espaço”.

São 13 andares destinados a salas comerciais e mais o térreo, com um amplo lobby, lojas comerciais e área de socialização. O prédio é construído de uma forma estrutural que dá a possibilidade de flexibilizar a metragem das salas, o que dá ao projeto um caráter múltiplo. “Eu procurei fazer com que esse espaço comercial atingisse a maioria das necessidades que nós precisamos”, destaca Álvaro.

Álvaro, que se inspira sobretudo nos elementos da natureza, conta que pensa no prédio como uma ilha. “Eu procuro fazer da ilha a mais extensa possível, para que ela ganhe menos altura. Esse é um ponto fundamental pra mim. Arapongas já é uma cidade alta, bastante ventilada… então elevar essa torre é ser muito guloso com o céu.”

A natureza, aliás, é uma referência constante para o trabalho de Álvaro, que tem o hábito, desde a infância, de procurar descartes da natureza e montar maquetes. “É um exercício de como a natureza pode trazer elementos para eu montar a minha arquitetura. Sempre tive em mim algo sobre construir. Eu procuro fluir nos meus projetos assim como faz a água. Ela não briga com obstáculos. Ela passa por cima, desvia, vai pela lateral, e segue seu objetivo, que é a chegada ao mar”.

O empreendimento, que se destaca pela imponência e já é um diferencial na cidade de Arapongas, utiliza produtos de alta tecnologia e de conforto térmico e acústico, para que seja um bom espaço a ser vivenciado. “Usamos o vidro verde Habitat, promovendo uma menor utilização de energia artificial para ar-condicionado. É uma arquitetura protegida, que visa à economia do empreendimento e, acima de tudo, à economia do planeta. A utilização do vidro verde também interfere menos no visual real da natureza”.

O ponto de destaque para Álvaro é a área de socialização. “Eu sempre faço questão que nossos espaços sejam gentis com os usuários, que propiciem um bom relacionamento das pessoas com o espaço. Eu também me sinto um contador de histórias. Porque eu conto histórias que as pessoas vão viver, que serão o seu futuro.”

Para coroar o edifício, os dois últimos pavimentos corporativos foram totalmente revestido de vidro, favorecendo a sensação de liberdade visual skyline

O lobby tem uma predominância da cor branca, neutra, que reflete todas as cores e faz com que os reflexos da natureza, de insolação, de luz, sejam mais interessantes para o prédio

O espaço interno privilegia a luz e a ventilação naturais