DIVERSÃO SEM FRONTEIRAS

_CBG5636

Opções na cidade de Puerto Iguazú vão muito além das belezas naturais, oferecendo o que há de melhor da gastronomia e cultura argentinas. 

 

Difícil falar em turismo no Mercosul e não pensar logo nas Cataratas do Iguaçu. Considerada uma das sete maravilhas naturais do mundo, esta magnífica obra da natureza encontra-se na exata divisa entre Brasil e Argentina e, não à toa, está entre os locais mais visitados por estrangeiros na América Latina. Boa parte desse incrível polo turístico encontra-se na região de Puerto Iguazú, cidade argentina do estado de Misiones que faz fronteira com o Brasil através de Foz do Iguaçu – ambas formam com o município paraguaio de Cidade do Leste a chamada Tríplice Fronteira. 

Puerto Iguazú é uma cidade peculiar. Por se localizar tão próxima à fronteira com o Brasil, o idioma português por lá é quase tão corriqueiro como o espanhol. Não raro, é possível encontrar até mesmo letreiros em estabelecimentos comerciais com dizeres em português, nos slogans ou até mesmo no próprio nome desses locais. 

Um exemplo muito bom desse encontro de culturas por lá está no espaço conhecido como “La Feirinha”, um conglomerado com mais de 70 pontos comerciais onde turistas de todo o mundo podem saborear gêneros argentinos e brasileiros, além de produtos como queijos, vinhos, doces e embutidos. A Barraca da Miriam, por exemplo, é conhecida por oferecer ao morador iguaçuense – e aos turistas – tanto produtos típicos da região, como as empanadas, como receitas populares brasileiras. 

Os amantes de uma gastronomia mais refinada também encontrarão ótimas opções. Restaurantes locais de alto nível encarregam-se de oferecer o melhor de um dos gêneros mais apreciados da cozinha argentina: a carne bovina, além de alimentos típicos da região, como os peixes pacu e surubim. 

Há dez anos em Puerto Iguazú, o Restaurante Aqva já é sinônimo de tradição gastronômica na fronteira entre o Brasil e a Argentina. Com um cardápio sofisticado e variado, que inclui carnes, peixes, risotos e saladas, o local figura como uma referência de qualidade na região, sobretudo para os turistas. O nome do estabelecimento – a raiz latina da palavra “água” – é uma referência direta à principal área turística natural da região: as cataratas.

 De acordo com o proprietário, Jorge Antonio, o movimento do Aqva está diretamente atrelado ao turismo local. “O nosso principal cliente internacional é sem dúvida o brasileiro, sobretudo os paranaenses. Também recebemos muitos turistas norte-americanos, argentinos europeus, geralmente interessados em conhecer as cataratas. Podermos me orgulhar de sermos altamente conceituados no turismo internacional, no turismo nacional e no turismo brasileiro.” 

O cardápio, afirma Jorge, costuma agradar em cheio ao paladar dos turistas brasileiros. “O bife de chorizo é o mais pedido. Nós fazemos muita questão de trazer sempre o melhor da carne argentina, em carregamentos semanais que vêm diretamente da capital, Buenos Aires. Estamos buscando estar sempre em dia com o melhor da qualidade para atender nossa clientela.” 

Jorge e sua equipe não economizam no atendimento, ficando abertos todos os dias (inclusive finais de semana e feriados), das 12h à 0h. O pagamento pode ser em reais, euros e dólar e também em cartão de crédito. 

Agora, o ponto alto da passagem pela região mesmo fica por conta do Parque Nacional Iguazú. Trata-se de uma área protegida, criada na Argentina em 1934, com o objetivo de conservar as Cataratas do Iguaçu e a biodiversidade que as rodeia – e considerada Patrimônio Mundial da Unesco desde 1984.

 A beleza das cataratas e da biodiversidade local é muito bem explorada pela programação do parque, que oferece passeios pelas cataratas, pela famosa e impressionante Garganta do Diabo e ainda incríveis trilhas ecológicas. O ponto alto dessa agenda é o passeio de barco pelas Cataratas do Iguaçu, que leva equipes de visitantes para conhecer de (muito) perto as belíssimas quedas d’água. 

A Garganta do Diabo chama a atenção por sua exuberância, sendo um ponto peculiar das Cataratas: possui uma altura de mais de 70 metros ao longo de 2,7 km do Rio do Iguaçu. Muitos a consideram a mais impressionante de todas as quedas d’água. Além disso, localiza-se exatamente na área de fronteira entre o Brasil e a Argentina. O local é envolto por uma imensa e belíssima bruma, que o torna ainda mais belo e único. 

O Parque Nacional Iguazú oferece ainda a vantagem de estar aberto todos os dias do ano (sem exceção), das 8h às 18h. Vale lembrar, porém, que os ingressos são vendidos apenas em pesos argentinos, não sendo aceito o pagamento em cartões de créditos ou em outras moedas, como o real e o dólar. 

As compras também ganham destaque na rota turística de Puerto Iguazú, em especial no que se refere ao Duty Free Shop. O espaço de produtos importados é muito requisitado por brasileiros e estrangeiros e se sobressai pela elegância e conforto de suas instalações, que abrigam marcas de peso como Victoria’s Secret, Mac e Pandora. Não à toa, foi eleito por cinco anos consecutivos o Melhor Duty Free Shop de Fronteira do Mundo pelo Festival de Cannes, na França.

Stitched Panorama

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*