OVO DE PÁSCOA PROTEICO É A MELHOR OPÇÃO?

1456714800000-Mini-ovinhos-de-chocolate

Faltando menos um mês para a Páscoa, que tal começarmos o nosso assunto falando do maior vilão para quem busca uma vida mais saudável e até mesmo o emagrecimento? Muitas dúvidas surgem durante a época que antecede a Páscoa, por isso resolvi esclarecer algumas dúvidas, fazendo uma comparação com outros tipos de ovos.
Ao lerem a composição do alimento abaixo, vocês verão que o ovo proteico contém, sim, mais proteína do que os tradicionais, porém somente pouco mais de 5g por porção (a porção comparada é de 25g, isso quer dizer que é muito pouco para valer a pena).

Na imagem também é possível observar outros componentes desses ovos, como, por exemplo, a quantidade de gordura, e reparem que o ovo dito ‘proteico’ possui mais gordura do que o ovo tradicional – indicando mais gordura saturada também! Isso sem contar a concentração excessiva de sódio presente no ovo proteico (31mg).
Será que esses ovos ainda são uma boa opção?
Pode ser gostoso & etc., mas esses com certeza não são bons para a saúde e muito menos para a bolso -uma vez que esses ovos proteicos são praticamente o dobro e algumas vezes até o triplo do preço daqueles ovos ditos tradicionais.
Converse com seu nutricionista e não deixe que um feriado atrapalhe todo o esforço que te fez chegar até aqui e todos os seus objetivos alcançados e outros ainda a alcançar.
Pois bem, então o que eu aconselho nessa páscoa?

De modo geral:
✅ Fuja das versões diet pois contém muito mais gordura que as versões tradicionais;
✅ Consuma o que realmente valha a pena, dando preferência aos chocolates com maior teor de cacau em sua composição (acima de 70% – sim, é amargo mas é uma delícia);
✅ Evite comer um ovo inteiro em uma só tarde.
✅ Leia o rótulo!

No mais, boa Páscoa!