CIRCULASONS: UMA ALTERNATIVA PARA OS OUVIDOS

39786095_509357882819649_5642947149831340032_n

O evento que quer fazer a música circular por Londrina tem sua estreia em setembro já planeja a edição de 2019

Por Júlia Marroni

Com a proposta de fazer a música circular surge a primeira edição do ‘circulasons’. O evento conta com a participação de artistas como Ná Ozzetti, José Miguel Wisnik, Livia Nestrovski, Fred Ferreira, Badi Assad, Grupo Mawaca, Duo Gisbranco e Egberto Gismonti.

O ‘circulasons’ que obteve uma ótima resposta entre o empresariado e já planeja a edição de 2019 foi idealizado por Janete El Haouli que possui uma trajetória de 30 anos de atuação no Departamento de Música e Teatro na Universidade Estadual de Londrina, e também foi diretora da Casa de Cultura da UEL, diretora da Rádio UEL FM, diretora pedagógica em três edições do Festival de Música de Londrina e produziu diversos artistas e eventos culturais em Londrina e São Paulo.

Janete conta para a Drops que desde jovem sempre gostou de produzir encontros com artistas e educadores, compartilhar experiências do acervo pessoal (livros, discos etc.) e fazer circular o que chegava até ela. Foi justamente a partir daí que o ‘circulasons: uma alternativa para os ouvidos’ ganhou vida: “Surgiu do meu desejo, de minha vontade de colaborar com a cultura trazendo artistas a Londrina. E quando nos referimos a “uma alternativa para os ouvidos”, quero dizer que acredito em “alternativa” no sentido alternar, de alterar o estado em que nos encontramos. A arte mobiliza as pessoas e a música, as artes sonoras fazem parte das artes que tocam nossos ouvidos, nossa pele, nosso corpo de modo mais direto. Como educadora e artista eu sempre tive essa intenção, ou seja, apresentar algo que mobilizasse as pessoas, que as tire do estado de conformação, de acomodação e que as inquiete de algum modo. Enfim, que as transforme e que estimule uma escuta sensível, pensante”.

 

Janete El Haouli (Divulgação)

Ela ainda complementa: “O que me mobilizou a criar o ‘circulasons’ foi essa vontade de colaborar com ações que sejam transformadoras e que possam afetar as pessoas — e acredito que oferecer ao público londrinense encontros com músicos que estão fora do circuito comercial alcança esse objetivo. Importante ressaltar a qualidade dos artistas que compõem esta série de seis shows e que para a sua realização foi decisivo e fundamental o patrocínio e o apoio que recebemos de 21 empresas. Poder colaborar com a cultura trazendo esses artistas a Londrina é uma ação que me faz vibrar, principalmente nesses tempos difíceis e obscuros que estamos vivendo”.

Janete também conta que pretende realizar outras edições desse projeto ousado, mas que isso vai depender do apoio dos patrocinadores e apoiadores. “Recebemos patrocínio de 13 empresas e apoio de oito instituições. A receptividade do empresariado foi impressionante e, como sabemos, em um momento em que o Brasil vive uma das suas maiores e mais graves crises econômicas. A resposta tem sido surpreendente e estou confiante para iniciar o planejamento para 2019, já em processo, e com boas surpresas. A intenção é que o ‘circulasons’ seja um evento contínuo. Esse é o diferencial e um dos objetivos do fazer ‘circulasons’. Iniciamos essa edição de modo impactante, com seis shows em quatro datas (20 setembro, 19 outubro, 22 novembro e 20 dezembro) mas provavelmente venha a ser bimensal e com outras ações intercalando os shows”.

Programação

No dia 19/9 haverá uma oficina com Lívia Nestrovski e Fred Ferreira, às 14h, no Sesi/AML. Considerada uma das maiores vozes de sua geraçã pelo compositor Arrigo Barnabé, Lívia Nestrovski vai ministrar a oficina Técnicas de improvisação vocal para um canto criativo no dia 19 de setembro, das 14h às 17h, na sala multiuso do Sesi/AML (R. Maestro Egídio Camargo do Amaral, 130). As inscrições custam R$ 150 e podem ser feitas pelo Sympla. Trabalhando com a improvisação vocal, Lívia Nestrovski apresenta ferramentas que aprofundam a relação entre voz, interpretação e performance, partindo da música brasileira, passando pelo jazz tradicional até chegar à música contemporânea.

Poesia e Canção é o tema da palestra que o compositor, cantor, pianista e professor Zé Miguel Wisnik ministra em Londrina no dia 19 de setembro, às 19h, na sala multiuso do Sesi/AML pelo circulasons, com apoio do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina. As inscrições custam R$ 15. Após a palestra, Zé Miguel Wisnik vai lançar seu último livro, Maquinação do Mundo. Drummond e a mineração (Companhia das Letras) em Londrina. Em um trabalho de fôlego como ensaísta, Zé Miguel Wisnik apresenta um lado ainda inexplorado de Carlos Drummond de Andrade. Doutor em Teoria Literária e Literatura Comparada, pianista com formação clássica e autor de livros como O som e o sentido (1989), Zé Miguel Wisnik tem vasta experiência em música e literatura, além de prática pedagógica, conversando de forma descontraída e reforçando o tema com exemplos reveladores.

Também no dia 19, a Circus Produções – responsável por artistas como Ná Ozzetti, Zé Miguel Wisnik, Lívia Nestrovski, Luiz Tatit, Arthur Nestrovski e muitos outros; monta uma lojinha no hall do Sesi/AML a partir das 16h.

No dia 20, a lojinha será instalada no Teatro Ouro Verde/UEL às 19h. A Circus será representada por Guto Ruocco, diretor de produção, e vai oferecer ao público londrinense uma gama variada de CDs, LPs e livros.

No dia 20 vai acontecer um show com Lívia Nestrovski e Fred Ferreira + Ná Ozzetti e Zé Miguel Wisnik. No caso de Lívia Nestrovski & Fred Ferreira o duo de guitarra e voz capaz de recriar canções com interpretações originais e reconstruções harmônicas. Lívia Nestrovski & Fred Ferreira constroem um diálogo íntimo capaz de levar temas – conhecidos ou não – por caminhos inusitados. Com grande capacidade técnica, mas guiados pela emoção, os dois músicos são mais do que intérpretes, apropriando-se da canção para conferir uma nova e surpreendente linguagem.  Lançado em 2012, o disco Duo saiu com um repertório de 10 canções que abrangem autores como Milton Nascimento, Zé Miguel Wisnik e Kurt Weill, entre outros. Não se espante se ouvir pinceladas de música erudita – como Debussy -, as referências são múltiplas e as citações aparecem naturalmente. Duo é um disco inovador sem perder a espontaneidade.

Lívia Nestrovski & Fred Ferreira (Divulgação)

Com relação Ná Ozzeti & José Miguel Wisnik, esses dois nomes já consagrados da música brasileira se reúnem em voz e piano para celebrar três décadas de parceria. Ná Ozetti compreende profundamente a obra de Zé Miguel Wisnik, e consegue interpretá-la magistralmente, com uma emoção resguardada e profunda, estabelecendo um raro equilíbrio com a ponderação. O resultado é uma das obras mais impactantes da música brasileira atual.  O repertório traz canções compostas por Zé Miguel Wisnik entre 1978 e 2014, incluindo parcerias com Paulo Leminski, Alice Ruiz, Dominguinhos e Paulo Neves, além de obras sobre poemas de Oswald de Andrade, Fernando Pessoa e Cacaso.  O disco Ná e Zé saiu em 2015 trazendo nada menos do que 10 canções inéditas em um total de 14 músicas.

Ná Ozzeti & José Miguel Wisnik (Divulgação)

 

Vai lá:

A faixa etária é para maiores de 12 anos. Os ingressos para a primeira noite de shows do circulasons 2018 já estão à venda na internet pela plataforma Sympla. Comprando pela internet, a inteira promocional custa R$ 70 e a meia promocional, R$ 35, até o dia 9 de setembro. A partir do dia 10 de setembro, o preço online passa para R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia). A partir de terça-feira (4 de setembro), os ingressos serão vendidos em três pontos na cidade:

  1. Brasiliano Bar & Cozinha (R. Espírito Santo, 655), de terça a sábado, das 19hs às 23hs.
  2. Sonkey Instrumentos Musicais (Av. Sen. Souza Naves, 9), de segunda a sexta, das 9hs às 18hs, e sábados das 9hs às 13hs.
  3. Loja Ciranda (R. Pref. Hugo Cabral, 656), de segunda a sexta das 9hs às 18hs, e sábados das 9hs às 13hs.

 

PROGRAMAÇÃO 

Dia 6/9: Início da venda de ingressos para o show de Lívia Nestrovski & Fred Ferreira e Ná Ozzetti & Zé Miguel Wisnik nos pontos de venda em Londrina.

Dia 19/9: Oficina com Lívia Nestrovski e Fred Ferreira, às 14hs, no Sesi/AML, e abertura da Lojinha da Circus Produções no hall a partir das 16h.

Dia 19/9: Palestra com Zé Miguel Wisnik, às 19h, no Sesi/AML e lançamento do livro Maquinação do Mundo. Drummond e a mineração (Companhia das Letras).

Dia 20/9: Lojinha da Circus Produções no hall do Teatro Ouro Verde UEL a partir das 19h30.

Dia 20/9: Show com Lívia Nestrovski e Fred Ferreira + Ná Ozzetti e Zé Miguel Wisnik às 20h no Teatro Ouro Verde/UEL.

Dia 18/10 – Oficina “A Música de Badi”, com Badi Assad, 14h às 18h, Sesi/ AML.

Dia 19/10 – Show com Badi Assad (voz e violão) e Claudinho Santana (percussão), às 20h no Teatro Ouro Verde UEL.

Dia 22/11 – Show do grupo Mawaca, às 20h no Teatro Ouro Verde/UEL.

Dia 23/11 – Oficina Cantos da floresta – a música no universo indígena, com Magda Pucci (diretora musical do grupo Mawaca) no Sesi/AML, e lançamento do livro Cantos da floresta: iniciação do universo musical indígena (Ed. Peirópolis), de Berenice de Almeida e Magda Pucci.

Dia 20/12 – Show do Duo Gisbranco (Bianca Gismonti e Claudia Castelo Branco) e show de Egberto Gismonti, às 20hs no Teatro Ouro Verde UEL.