FÓRUM DO AGRONEGÓCIO 2019 DISCUTE SOLUÇÕES PARA PROBLEMAS DE LOGÍSTICA

_CBG1710

A programação da 59ª ExpoLondrina contará com a terceira edição do Fórum do Agronegócio. Com o tema “Potencializar o Agro: da infraestrutura à agregação de valor. Soluções”, o evento será realizado no dia 8 de abril, às 13h, no Recinto Horácio Sabino Coimbra, dentro do Parque de Exposições Governador Ney Braga.

O coordenador da agenda técnica da Feira e diretor de atividade agroindustrial da Sociedade Rural do Paraná (SRP), Luigi Carrer, explica que o Fórum irá abordar uma dimensão macro do agronegócio, enquanto outros eventos dentro da Expo abrangem áreas mais específicas do setor: “no Fórum, vamos discutir principalmente as medidas políticas que regem o agronegócio no país”, confirma. Como o próprio tema já diz, a infraestrutura e a logística do agro no Brasil serão o norte dos debates.

Mas o que envolve esses temas?

Carrer elucida que “o aumento da produtividade no campo não necessariamente significa o aumento na remuneração dos produtores. Muito se perde da safra por problemas de logística e armazenamento”. A discussão em cima disso pretende buscar soluções para esse tipo de problema, principalmente pela relevância do Brasil no agronegócio, que é considerado o protagonista mundial na produção de alimentos.

Confirmaram presença para o Fórum do Agronegócio 2019 o secretário de Gestão Pública do Paraná, Reinhold Stephanes; o vice- presidente da Associação Brasileira de Produtores de Milho (Abramilho), Glauber Silveira da Silva; o presidente da Associação Brasileira de Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), Bartolomeu Braz Pereira; e o diretor do Movimento Pró Logística, Edeon Vaz. Também estará presente, como moderador do segundo painel do evento, o jornalista Ricardo Amorim. Ele estará à frente do debate “Agro: Mercado Interno e Externo e suas Perspectivas para Agregação de valor”.

Também estão programados os painéis: “Soluções e Desafios para Potencializar a Eficiência do Agronegócio Brasileiro” e “A Lógica para Infraestrutura e a Logística”.

Por Mariana Paschoal