MESA POSTA: UM CARINHO QUE DESPERTA BOAS VIBRAÇÕES

016_00_FonteEdsonFaria_FotoFabioPitrez

Ser bem recebido é tudo o que um convidado merece para sempre querer voltar!

 Por Edson Faria

Foto abertura | Fonte: Edson Faria | Foto: Fábio Pitrez

Aristóteles teorizava que o homem é um animal sociável que precisa estar frequentemente em contato com outros de sua espécie para se sentir amado, reconhecido e perdoado. Esses aspectos de comportamento, segundo ele, caracterizam as três necessidades básicas para que o indivíduo se sinta verdadeiramente pleno em sua existência e assim o diferencie dos demais animais. Por esse motivo, sua socialização se inicia logo no nascimento, quando, ainda criança, ele é inserido em um grupo do qual passará a assimilar naturalmente hábitos e costumes e integrar elementos socioculturais.

Embora esse processo de desenvolvimento e adaptação interpessoal possa e seja desencadeado por diversos agentes e mecanismos durante a vida, com toda certeza o mais satisfatório e prazeroso é aquele que decorre da identificação com aqueles que carregam valores, costumes e gostos semelhantes. Esse reconhecimento é o principal responsável pela composição do núcleo social mais íntimo do indivíduo, aquele com o qual ele conversa particularidades, troca experiências e, principalmente, insere em seu universo particular: seu lar. Assim, convidar uma pessoa para um café, almoço ou jantar é uma ótima alternativa para estreitar laços, reforçar amizades e assim eternizar momentos prazerosos de socialização.

Fonte: Edson Faria | Foto: Fabio Pitrez

Na Noruega, onde o hábito de receber é recorrente em decorrência dos invernos rigorosos, existe o termo koselig (pronuncia-se cúshlí), destinado a esses programas emocionalmente acolhedores e aconchegantes. Assim, enquanto faz frio lá fora, os noruegueses aquecem suas casas e relações recebendo amigos e se divertindo. Já no Brasil, o inverno se mostra uma ótima oportunidade para que pequenos eventos koselig aconteçam, sejam eles momentos íntimos em família, reuniões de negócio, encontro entre amigos ou comemoração de datas especiais. No entanto, para criar essa atmosfera acolhedora e intimista, não basta abrir a porta e pedir aos visitantes que se sintam em casa, pois organização, sensibilidade e uma boa dose de carinho são fundamentais para que até um jantarzinho com amigos próximos tenha sucesso.

O segredo de um bom evento, por mais simples que ele seja, está nos pequenos detalhes e no capricho da organização. Usar uma bela toalha ou um jogo americano bonito, escolher a louça, as taças e os talheres é o mínimo que um bom anfitrião deve fazer. Por isso, para realmente impressionar, use a criatividade na decoração, equilibrando no cenário elementos simples e inusitados com outros de alta qualidade, que surpreendam e emocionem. Vaso com flores, velas, guardanapos coloridos, objetos decorativos ou mesmo um quadrinho de boas-vindas disposto na mesa são diferenciais que compõem bem a atmosfera koselig e certamente farão com que as pessoas permaneçam por mais tempo na festa.

Fonte: Edson Faria | Foto: Fabio Pitrez

Outro aspecto importante a ser considerado é o espaço e a estrutura disponíveis para o evento e para o cardápio que está sendo planejado, pois, se a ideia for oferecer um jantar, a quantidade de assentos é que determinará o número adequado de convidados. Por outro lado, se o encontro for mais informal, com petiscos ou outros finger foods, situação em que a mesa para todos é dispensável, apenas cadeiras e pufes serão suficientes para acomodar confortavelmente as pessoas. Nesses casos, também o aparador ou até mesmo a mesa de centro podem ser utilizados para dispor os petiscos e as bebidas de maneira acessível, harmoniosa e agradável. O ideal para qualquer evento seria uma mesa comprida que pudesse acomodar tudo e a todos confortavelmente, mas, como isso nem sempre é possível, pode-se dispor de mesinhas menores espalhadas pelo ambiente e criar pequenos pontos de serviço. O importante é que comidas e bebidas estejam acessíveis e à mostra para que as visitas possam se servir sem ter que perguntar ao dono da casa onde está cada coisa.

No entanto, em ambas situações é primordial verificar se a quantidade de louça e talheres é suficiente, pois utensílios descartáveis não são uma boa opção, além de não ser sustentável. Servir em louça bem apresentada reflete muito sobre você e seu estilo de vida. Além disso, um simples café da tarde tem outro sabor, tanto para o anfitrião quanto para os convidados, quando a mesa é preparada com maior atenção e cuidado. Como se nota, a fórmula para tudo dar certo é a organização.

Fonte: Edson Faria | Foto: Fabio Pitrez

Para aqueles que tem dúvidas sobre como organizar uma mesa de maneira simples e correta, segue a receita:

– Prato no centro;

– Garfo à esquerda;

– Faca à direita, com corte voltado para dentro;

– Colher de sobremesa acima do prato;

– Taça ou copo acima, à direita;

– Guardanapo de tecido, ou papel de boa qualidade, sobre o prato ou ao lado do garfo.

Na dúvida sobre como decorar o centro da mesa, aposte na simplicidade criativa, evitando excessos de vasos, flores, elementos decorativos e toalhas muito elaboradas, sobretudo se você for iniciante nessa arte. Um jogo americano e guardanapos divertidos, uma louça branca bem posicionada e algumas flores são suficientes para uma composição harmoniosa e atrativa. Caso a preocupação seja não ter um jogo de louça completo com pratos rasos, fundos e de sobremesa, saiba que é possível – e até mais interessante! – uma produção que utilize partes de jogos distintos. Use o prato raso de uma linha com o prato fundo de outra ou disponha os pratos básicos e brancos durante o jantar e no momento da sobremesa surpreenda com algo estampado. Essas composições personalizadas e exclusivas, se bem harmonizadas, acabam se mostrando mais marcantes e com mais personalidade do que o uso de uma única linha.

Fonte: Edson Faria | Foto: Fabio Pitrez

Abrir as portas de casa e aventurar-se na organização para receber é fazer um carinho especial não apenas aos convidados mas também a si mesmo, já que interações sociais fortalecem os vínculos, reforçam seu papel como parte do grupo e fazem com que a pessoa sinta-se amada, reconhecida e plena. Por isso, aproveite o clima dessa época do ano, aposte na sua personalidade para decorar e promova momentos koselig com aqueles que você quer por perto.