A ARTE DE VALORIZAR A BELEZA

_CBG1103

A maquiadora Evelise Chaiben conta sua mudança na carreira e a realização no trabalho voltado a produções de foto e vídeo

Por Nara Chiquetti

Foto Fábio Pitrez

Evelise Chaiben passou a trabalhar como maquiadora profissional há dez anos, quando decidiu se tornar mãe. Mas, desde pequena já se divertia com cores, pincéis, batons. Em seu currículo, exibe formação em arquitetura, publicidade, pós-graduação em Moda e cursa mestrado em Comunicação. Além dos cursos na área de atuação como Maquiagem Profissional, pelo Instituto Brasileiro de Estética e Cosmetologia e especialização em Maquiagem para Foto e Vídeo, pelo Centro Técnico Catharine Hill, em São Paulo.

A maquiadora realiza trabalhos tanto em salão, com maquiagens sociais, quanto para produções audiovisuais, publicitárias e cinema, trabalho que leva em conta elementos estéticos da comunicação visual e do visagismo na composição das maquiagens. Com demanda de trabalho, por vezes, bem intensa, principalmente em períodos de gravação de filmes, por exemplo, Evelise considera a falta de rotina um benefício. “Em época de gravação realmente não tenho horário de trabalho, mas essa falta de rotina pré-estabelecida eu adoro”, afirma. “Em quatro anos, trabalhei em duas minisséries para TV aberta nacional, 13 curtas, dois longas – produções independentes que foram gravadas aqui”, lembra.

Segundo Evelise, a agenda maleável permite tempo para as filhas, que moram com o pai, administrar a casa e horários de lazer e descanso. Isso porque, conta ela, nos períodos de trabalho mais intenso, a família toda já se organiza para que ela possa se dedicar exclusivamente à profissão. “Não tenho um período de férias como normalmente as pessoas têm, minhas férias acontecem em vários períodos do ano”, comenta.

Evelise considera que em Londrina há boa demanda por trabalho na sua especialidade, mas ela também atende em outros locais. Ela já foi convidada para maquiar, por exemplo, a escola Rosas de Ouro no carnaval de São Paulo, o chef de cozinha e apresentador Olivier Anquier e integrou ainda a equipe de maquiadores para desfiles da Alfaparf Group, na BeautyFair, em São Paulo. No próximo carnaval, ela vai novamente ser maquiadora, desta vez na escola Gaviões da Fiel, também de São Paulo.

“Sou muito criteriosa no meu trabalho, é difícil estar plenamente satisfeita. Mas, é nas produções para vídeo que o resultado mais me emociona, ali vejo que as pesquisas de luz e sombra e variação de produto valeram a pena”, conta. Para se destacar, Evelise assegura que é preciso estudar, acumular conhecimento para gerar um resultado adequado. “Ter dom ajuda, mais precisa desenvolver disciplina e técnica, ter atualização constante, ser um especialista na sua área. Quando se conhece sobre moda, arte, cinema, consegue-se atender às expectativas”.